Segunda, 08 Abril 2019 11:43

Governador recebe grupo empresarial do setor de óleo de palma no Sul do Estado Destaque

Escrito por SAQUE SANTIAGO

O governador Antonio Denarium recebeu na sexta-feira, dia 5, no Palácio Senador Hélio Campos, o diretor da Palmaplan, Alexandre Borba. Localizada no município de Rorainópolis, onde atua desde 2008, a empresa conta com mais de 2,5 mil hectares plantados de palma de óleo, conhecida popularmente como dendezeiro.
No encontro, o empresário relatou ao governador a necessidade do apoio do governo no sentido de proporcionar condições para o desenvolvimento da agroindústria em Roraima, como por exemplo, por meio da regularização fundiária, do ZEE (Zoneamento Ecológico Econômico), segurança energética e liberação de licenças ambientais.
Borba informou ainda que nos últimos anos, não conseguiu diálogo com o Governo do Estado e ressaltou a importância na mudança de atitude por parte do Executivo Estadual. “Um diálogo direto com o governador é importante, como ele veio do setor privado, entende nossas angústias e está mais propenso a apresentar soluções”, declarou.
Atualmente a Palmaplan produz em 2,5 mil hectares próprios de dendê, palma de óleo e fomenta a agricultura familiar em mais 300 hectares na região. A empresa deve inaugurar nos próximos meses uma fábrica para o beneficiamento da palma.
Borba adiantou ainda que a Palmaplan tem intenção de investir em energia renovável no Estado, para isso, vai participar do leilão promovido pela Roraima Energia no mês de maio.
O governador Antonio Denarium ressaltou a importância de o Governo do Estado entender as dificuldades do setor e trabalhar para saná-las. “A nossa política é atender todos os empreendedores que investem em nosso Estado. A Palmaplan é uma empresa que investe no Estado, valoriza a agricultura familiar, gera renda, alavanca a economia proporcionando benefícios para a nossa população”, disse o governador.
PALMAPLAN – A Palmaplan é uma empresa do Grupo Oleoplan dedicada ao cultivo de palma de óleo. O Grupo é responsável por 10% de toda a produção de biodiesel do Brasil. A empresa também trabalha com responsabilidade ambiental. Todo o cultivo da Palmaplan encontra-se em áreas já degradadas, sempre visando à conservação da vegetação nativa e das áreas de preservação ambiental. E, além de manter os solos cobertos e protegidos, cada hectare de plantação adulta de palma de óleo é capaz de armazenar cerca de 26 toneladas de carbono retiradas da atmosfera.