Sexta, 10 Junho 2022 08:49

DIA NACIONAL DA IMUNIZAÇÃO | Profissionais destacam importância do PNI no fortalecimento da imunização Destaque

Escrito por Suyanne Sá
DIA NACIONAL DA IMUNIZAÇÃO | Profissionais destacam importância do PNI no fortalecimento da imunização Ascom Sesau

Melhorar a cobertura vacinal da população contra as mais diversas doenças sempre foi uma das preocupações do Governo de Roraima, que, por meio da Secretaria de Saúde, tem feito uma série de investimentos para melhorar o conhecimento dos profissionais que atuam no suporte de orientação aos municípios do Estado.

Dentro da estrutura organizacional da Sesau, o Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunização se destaca como o responsável por organizar logística e distribuição de insumos de saúde. Só no primeiro trimestre deste ano, o órgão recebeu 924.413 materiais como soros e vacinas do Ministério da Saúde.  

“O PNI recebe e armazena de forma segura as vacinas e as distribui aos municípios, além de outras coisas que também abrangem o PNI, com [realização de] capacitações que visam garantir um serviço de qualidade para a população”, destaca a gerente do NEPNI, Simirames Lopes.

Para que as ações de vacinação tenham a eficiência exigida, o Núcleo conta com o apoio de diversos servidores, dentre eles a enfermeira sanitarista Naiáde Bezerra, que é responsável por capacitar os agentes de imunização do Estado. Ela ressaltou a importância desse trabalho.

“Essas capacitações são contínuas, o Programa Nacional de Imunização é dinâmico e o serviço deve ser ofertado com qualidade. É um dos programas que eu vejo que mais atende ao princípio do SUS, que é o da universalidade. O estado capacita, dá o suporte, monitora as coberturas vacinais, coopera e fortalece os municípios”, frisou.

A IMPORTÂNCIA DA IMUNIZAÇÃO

A vacina é o instrumento mais seguro e eficaz de proteção de pessoas contra doenças, antes que entrem em contato com o organismo humano. Ela tem como função principal a de treinar o sistema imunológico para a produção de anticorpos.

Mesmo antes da pandemia da covid-19, muitas pessoas vinham encarando o ato de imunizar de forma receosa, em razão da propagação de notícias falsas. Apesar disso, os profissionais que atuam no NEPNI avaliam que esse quadro de desconfiança vem caindo por conta da demonstração de eficiência dos imunizantes.

“Hoje, muitas das doenças que antes acometiam a população já não existem mais, ou seja, estão erradicadas, graças a eficiência das vacinas. Por isso é importante que as pessoas continuem mantendo esse cuidado e não fiquem acreditando em notícias falsas”, completou Náiade.

Para a técnica de enfermagem Márcia Araújo, estar com as vacinas necessárias em dia é indispensável para manter as pessoas longe dos riscos de reintrodução de doenças anteriormente erradicadas.

“Nem toda vacina previne 100 por cento as pessoas de adoecer, mas, evitam que elas venham a desenvolver as formas graves dessas doenças”, pontuou.