Terça, 26 Outubro 2021 18:23

LITERATURA REGIONAL | Secult promove lançamento de livro no Palácio da Cultura Nenê Macaggi Destaque

Escrito por Wesley Oliveira
LITERATURA REGIONAL | Secult promove lançamento de livro no Palácio da Cultura Nenê Macaggi Secom/RR

Uma sessão de autógrafos com o escritor roraimense Alcides Lima, acompanhada de apresentações musicais interpretando composições do autor marcaram a noite desta segunda-feira, 25, na cerimônia de lançamento do livro ‘Questão Indígena de Roraima’, no Palácio da Cultura Nenê Macaggi.

A ação publicitária faz parte dos esforços do Governo de Roraima, por meio da Secult, (Secretaria de Cultura) na categoria literatura, de evidenciar autores locais, com a intenção de fortalecer a produção literária.

"Temos grandes artistas e grandes escritores em nosso Estado. Quero parabenizar nossos autores pelo lançamento deste livro, pois isso vai enriquecer o acervo local, abordando assuntos de grande relevância para a história de Roraima”, disse o governador Antonio Denarium.

A obra apresentada traz relatos históricos importantes sobre a presença dos indígenas no Extremo Norte do Brasil e sobre o processo demarcatório da terra indígena Raposa Serra do Sol, conforme explicou o professor e escritor, Alcides Lima.

"Em síntese o livro traz uma abordagem sobre a história das nossas raízes e a influência que a civilização envolvente teve nesse pedaço do Brasil até nos tornamos Estado de Roraima. Além do mais, faço uma análise crítica sobre as reservas e ao final sobre o processo demarcatório", frisou.

VALORIZAÇÃO DA CULTURA

O Governo de Roraima tem buscado alternativas para promover e beneficiar artistas locais, por meio da Lei Aldir Blanc, que contemplou 480 projetos culturais em editais de seleção pública.

Foram garantidos R$ 11 milhões em diversos segmentos da cadeia produtiva da cultura e economia criativa. Os benefícios variam de R$ 3 mil a R$ 400 mil, observando a tabela de premiações e cachês construídos junto à sociedade civil e o conselho estadual de cultura.

Com o programa Cultura em Casa, o Governo tem buscado atender um número maior de artistas que, devido aos impactos causados pela pandemia de covid-19, ficaram impedidos de trabalhar. Serão empregados R$ 195 mil em pelo menos 190 projetos culturais.

"Estamos comemorando aqui na Secult a semana do livro e da biblioteca. Então nada melhor do que iniciar com o lançamento de uma obra tão esperada e tão atual, não somente para o Estado, mas para o País, que é a questão indígena. E a Secult faz o papel dela de difundir as produções culturais dos mais variados seguimentos", destacou o secretário de cultura, Sherisson Oliveira.

OBRAS ANUNCIADAS

No início de outubro o governador Antonio Denarium Lançou um pacote de obras com o programa ‘Aqui Tem Obra’ com serviços de reformas e restauração de prédios importantes para o setor artístico cultural, incluindo o Teatro Carlos Gomes, a Casa da Cultura Madre Leotávia Zoller, inclusive, o Palácio da Cultura.

As estruturas estavam abandonadas há décadas e serão entregues à comunidade totalmente recuperadas. O início das obras está previsto para o primeiro semestre de 2022.