Quarta, 15 Setembro 2021 10:14

COMBATE AOS LINFOMAS | Especialistas reforçam sobre a importância da prevenção Destaque

Escrito por Aymê Tavares
COMBATE AOS LINFOMAS | Especialistas reforçam sobre a importância da prevenção Ascom/Sesau

Nesta quarta-feira, 15 de setembro, no Dia Mundial de Conscientização sobre Linfomas, o alerta dos especialistas é sobre a importância do diagnóstico precoce, a partir da identificação dos sinais e sintomas da doença.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular, cerca de 70% da população mundial não sabe o que são linfomas. E essa estatística piora, ao passo que segundo o Instituto Nacional do Câncer, aproximadamente 4 mil pessoas morrem todos os anos, vítimas de linfomas no Brasil.

E aqui a principal causa das mortes é justamente o desconhecimento sobre a doença que, se diagnosticada no início, apresenta elevado índice de cura.

A médica hematologista, Giordana Araújo, explica que os linfomas são um tipo de câncer que atinge o sistema linfático, um dos sistemas de defesa do organismo.

Existem dois tipos, o linfoma de Hodgkin (LH) e linfoma não-Hodgkin. Ambos apresentam comportamentos, sinais e graus de agressividade diferentes, podendo surgir tanto em homens quanto em mulheres.

A médica esclarece que é predominante em jovens, adultos e idosos acima de 60 anos, por isso é necessário estar em alerta para os sintomas.

“O diagnóstico é feito após o paciente perceber, um carocinho no pescoço, nas axilas. Além disso pode ter febre, perda de peso, coceira pelo corpo e suor excessivo. Então a atenção a esses sintomas acompanhada do autoexame é fundamental para o diagnóstico precoce desse tipo de câncer”, destacou.

Pacientes podem fazer o tratamento pelo SUS – O surgimento de uma íngua no pescoço pode ser sinal de problemas graves, acompanhado de sintomas como febre persistente, suores noturnos ou perda de peso sem causa. Por isso é recomendado buscar uma consulta com o clínico geral.

Em Roraima, a população deve procurar uma UBS (Unidade Básica de Saúde) para iniciar o rastreamento. Após a consulta, o médico pode encaminhar o paciente para consulta com o especialista na Clínica Médica Especializada Coronel Mota.

Caso a detecção de linfomas seja confirmada, o tratamento desse tipo de câncer pode ser feito na Unacon (Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia) de forma gratuita.

Atualmente a unidade conta com sete pacientes realizando o tratamento. Lá é possível realizar o acompanhamento com consultas, exames, quimioterapia. A unidade tem como foco oferecer o tratamento adequado, por meio da equipe multiprofissional, que inclui o médico Hematologista Oncológico.