Quarta, 21 Julho 2021 10:08

Governador e representantes da Academia Roraimense de Letras discutem projeto de restauração da Casa da Cultura Destaque

Escrito por Raísa Carvalho
Governador e representantes da Academia Roraimense de Letras discutem projeto de restauração da Casa da Cultura Diane Sampaio

O governador Antonio Denarium reuniu na noite de terça-feira, 20, representantes da Academia Roraimense de Letras com o intuito de traçar um plano de ação para a restauração da Casa da Cultura Madre Leotávia Zoller, localizado na Avenida Jaime Brasil, antiga sede do Governo do Estado, na década de 60.

Participaram da reunião os membros Petita Brasil, Cecy Brasil, Alcidinho Lima e também o doutor Helder Girão Barreto. E também, a primeira-dama Simone Denarium, representantes da Casa Civil, Secretaria de Infraestrutura e da Secretaria de Cultura.

O governador se comprometeu a priorizar não só a Casa da Cultura, mas também obras que são fundamentais para a história do estado de Roraima, como o Palácio da Cultura e o Teatro Carlos Gomes. A Casa da Cultura, por exemplo, é tombada como patrimônio histórico.

"Recebemos a Academia Roraimense de Letras para tratar sobre a restauração da Casa da Cultura de Roraima, e assim apresentamos projetos que definem a administração e uso do local. Dentro de aproximadamente 60 dias, nós vamos licitar a obra de restauração e fazer também um convênio e encomendar uma sanção de uso da academia para que essa faça a administração do local”, adiantou o governador Antonio Denarium.

Segundo o secretário de Cultura, Sherisson Oliveira, o encontro definiu estratégias que irão viabilizar as restaurações do prédio e o investimento feito em diversos segmentos culturais do Estado.

“Um prédio significativo para a história de Roraima, a Casa da Cultura já recebeu serviços de limpeza, isolamento e escoramento da estrutura. Para a comissão foi apresentado, um reforço na recuperação dos prédios públicos, entre eles, locais que são patrimônio público do nosso estado. Durante a reunião, também foi apresentado a essa comissão resultados obtidos por meio da Lei Aldir Blanc com o investimento de R$11,4 milhões da cultura beneficiando 480 projetos”, disse.

Para a presidente da Academia Roraimense de Letras, Cecy Brasil, o momento foi muito importante para a cultura, arte e literatura do Estado. “O encontro foi extremamente produtivo, além da nossa expectativa e muito importante para a Academia, é uma reivindicação que existe há anos e nunca foi consolidada. Através do governador, que passa a ser amigo da Academia Roraimense de letras, ele nos concedeu o prédio que é um patrimônio histórico e que após a revitalização será sede da nossa instituição”, relatou.