Domingo, 08 Dezembro 2019 14:04

BIOENERGIA | Com apoio do Governo, empresa lança pedra fundamental de Usina de Etanol no município de Bonfim Destaque

Escrito por WESLEY OLIVEIRA
As obras começam já neste mês de dezembro As obras começam já neste mês de dezembro Ederson Brito

O governador Antonio Denarium participou neste sábado, 7, do lançamento da pedra fundamental da obra de construção da Usina de Etanol, no município de Bonfim.

A solenidade ocorreu na sede da Fazenda Nova Esperança e marcou o início da instalação em Roraima da empresa multinacional Millenium Bioenergia, que deve começar as obras no dia 15 de dezembro.

Antonio Denarium destacou os esforços que o Governo de Roraima tem feito em todos os setores para diminuir a burocracia e facilitar o empreendedorismo no Estado.

“É um momento muito importante na história de Roraima. O nosso propósito é valorizar aqueles que trabalham e produzem. Recebemos com muita satisfação e muita grandeza esse projeto, que tem total apoio do Governo de Roraima, que começa com os licenciamentos ambientais. É um empreendimento que vai mudar o Estado, com a geração de milhares de empregos”, disse.

O CEO da empresa, Eduardo Lima, ressaltou a importância do empreendimento para Roraima e para a Millennium.

“Pra nós, esse momento está sendo muito importante. Estamos todos, da Millenium, emocionados e agradecidos pela acolhida do poder público e da população. Isso aqui já é uma realidade. A partir do dia 15, daremos início às obras. Vamos fazer as perfurações, a sondagem de solo, terraplanagem e começar. Então, ao povo roraimense, posso garantir que isso já é uma realidade", declarou Eduardo.

Para o prefeito de Bonfim, Joner Chagas, o lançamento é um dia histórico e vai garantir o desenvolvimento do município com a geração de emprego e renda.

"Quero dizer para a população, que estava na expectativa e não acreditava. Agora, de fato, a empresa Millennium está no nosso município, no nosso Estado. Acredito que, a partir de agora, as pessoas produzirão mais ainda, porque a matéria-prima é o milho e eles precisam comprar, no mínimo, 80 mil hectares plantados. Então, pode ter certeza, vai alavancar a agricultura e desenvolver o município de Bonfim", afirmou.