Avalie este item
(0 votos)

Esta semana, o Governo de Roraima avançou mais uma etapa no trabalho de reconstrução da saúde roraimense. A assinatura da Carta de Doação marcou oficialmente a entrega de equipamentos médicos hospitalares ao Estado pelo Ministério da Saúde. A cerimônia foi realizada na tarde dessa sexta-feira, 21, no Palácio Senador Hélio Campos.

Participaram da solenidade o governador Antonio Denarium, secretários estaduais, parlamentares das bancadas municipal, estadual e federal e a promotora do Ministério Público Estadual, Jeanne Sampaio.

A iniciativa é resultado de uma parceria entre o Ministério da Saúde, a Universidade Estadual de Campina Grande (PB) e a empresa Lifemed.

Foram doados 79 equipamentos, 52 monitores cardíacos e 27 desfibriladores. Um investimento do MS de aproximadamente R$ 2,3 milhões.

“Essa ação faz parte do Projeto PDP (Parceria de Desenvolvimento Produtivo), em que o Ministério da Saúde doa os equipamentos médicos aos estados, atendendo a todas as normativas da Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária], que consistem na construção dos equipamentos pelos estudantes da Universidade, sob a supervisão da empresa nacional, que fica responsável também pela entrega, treinamento dos profissionais de saúde, para manuseio dos equipamentos, e assistência técnica”, esclareceu o representante do MS e professor doutor da UEPB (Universidade Estadual da Paraíba), Paulo Barbosa.

Roraima é o terceiro Estado da Região Norte a ser beneficiado pelo projeto. Durante a cerimônia de assinatura da Carta de Doação, o governador Antonio Denarium explanou sobre essa conquista para a saúde roraimense.

“Já fizemos muito, mas precisamos avançar ainda mais, e essa atenção do Ministério da Saúde nos deixa muito feliz, pois a entrega desse material será de grande ajuda para as unidades de saúde. Depois de cumpridas todas as exigências do MS, nossa expectativa agora é poder utilizar os equipamentos o quanto antes”, frisou o governador.

“Roraima vive um momento importante em todos os setores. O Governo está no caminho certo, está colocando as coisas no lugar, e combatendo a corrupção. Isso é o mais importante para o Estado”, destacou o senador Telmário Mota.

Os equipamentos atenderão à demanda do Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento, do Hospital das Clínicas Dr. Wilson Franco Rodrigues e do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth.

Avalie este item
(0 votos)

O Governo de Roraima está trabalhando para desenvolver a agricultura familiar. Vários projetos espalhados nos 15 municípios do Estado são apoiados pela Seapa (Secretaria de Agricultura), e a fruticultura é um dos principais focos. Assistência técnica na produção, auxílio no processo de plantio, manutenção e irrigação dos pomares, colheita e transporte das frutas contam com a colaboração de técnicos da Seapa.

O governador Antonio Denarium destacou que o desenvolvimento do Estado, por meio da agricultura, é um dos objetivos da gestão. Frisou também que o Governo conseguiu trazer a Abrafrutas (Associação Brasileira de Produtores de Frutas) para Roraima, o que ajudou na construção do Plano de Desenvolvimento da Fruticultura baseado nos moldes do Plano Nacional.

“O projeto contempla ações de defesa sanitária, exportação, novas tecnologias e assistência técnica, e essa troca de conhecimento entre instituições é fundamental para o crescimento do Estado”, disse o governador.

Um dos projetos executados é a plantação de melão para exportação, por meio do qual dez produtores de Roraima foram até o Rio Grande do Norte conhecer as técnicas utilizadas pela Melão Famosa, uma das maiores produtoras da fruta no mundo.

Além do melão, existem projetos para alavancar a produção de melancia, banana, cacau, caju, abacaxi, graviola, maracujá e a citricultura (limão e laranja).

Seminário de Fruticultura e Dia de Campo em Rorainópolis será realizado nesta semana com apoio do Governo

Nos dias 18 e 19 de fevereiro, o Campus Rorainópolis da Uerr (Universidade Estadual de Roraima) sediará o I Seminário de Fruticultura e Dia de Campo voltado para a agricultura familiar. O evento faz parte do Projeto Integrado da Amazônia, desenvolvido pelo Fundo Amazônia, BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) e Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária).

De acordo com a Aderr (Agência de Defesa Agropecuária), existem em Rorainópolis cerca de 150 pomares de citros que, na sua maioria, pertencem a agricultores familiares

O Seminário conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, da Aderr e da Uerr, e visa fornecer informações necessárias aos agricultores do Território Sul de Roraima sobre Citros, Açaí, Banana, Caçari, Cupuaçu e Maracujá, para incentivar a produção de frutas para o mercado local e regional.

Durante o primeiro dia de evento, serão realizadas mesas redondas com técnicos da Embrapa, professores da Uerr, técnicos da Seapa e agricultores, que discutirão sobre o manejo e conservação do solo; aspectos críticos da citricultura em Roraima; e o empoderamento dos agricultores pela produção de frutas.

No dia 19, o Dia de Campo será no Viveiro Heinz, também localizado em Rorainópolis, e terá visitação às estações de tangerina, limão siciliano e laranja.

Avalie este item
(0 votos)

O mês de fevereiro vai ser lembrado pra sempre com muita alegria, amor e carinho pelo casal Bruna Raquel Ribeiro Marques e Luciano Ventura. Neste fim de semana, nasceu o pequeno Álvaro Diego Ribeiro Marques Ventura de Farias, o novo membro da família. O parto foi realizado pela equipe médica de plantão no HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth), Unidade onde são feitos cerca de mil partos por mês.

De acordo com a diretora-geral, Patrícia Renovatto, apesar de todas as dificuldades, a Maternidade atende gestantes de Boa Vista, dos demais municípios e de outros estados e países. “Às crianças também são garantidos o direito ao nascimento seguro e ao crescimento e desenvolvimento saudável. Com o apoio da gestão e o compromisso dos nossos servidores, temos buscado sempre prestar a assistência necessária em todas as fases da gestação”, enfatizou a diretora.

Esse suporte da equipe foi ressaltado pelo pai do Álvaro Diego. “Este é um dos momentos mais lindos para minha família, e não teria sido assim se não fosse a equipe médica que nos deu toda a atenção necessária, desde o momento que minha esposa chegou à Maternidade até o nascimento do bebê”, agradeceu Luciano.

O HMINSN é uma Unidade que integra o Projeto Federal Rede Cegonha, uma estratégia do Ministério da Saúde para a implementação de uma rede de cuidados às mulheres, garantindo o direito ao planejamento reprodutivo, atenção humanizada durante a gravidez, o parto e puerpério.

“O nosso governador Antônio Denarium tem uma atenção especial com a saúde roraimense e o compromisso de fazer o povo Macuxi sentir orgulho da saúde de Roraima; e a Secretaria de Saúde está empenhada em concretizar esse objetivo. Na Maternidade, por exemplo, temos uma equipe de profissionais compromissada com a prestação do serviço”, enfatizou o secretário interino de Saúde, Francisco Monteiro.

Sábado, 15 Fevereiro 2020 23:25

COMUNICADO

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

A Sesau (Secretaria Estadual de Saúde), por meio da CGVS (Coordenação Geral de Vigilância em Saúde), torna pública a divulgação do BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PARA ATUALIZAÇÃO SOBRE O CORONAVÍRUS.

A divulgação da situação epidemiológica do país com relação à doença faz parte do Plano de Contingenciamento montado pelas autoridades de saúde do Estado e as publicações vão ocorre diariamente, sempre a partir das 16 horas, no site da Sesau (www.saude.rr.gov.br), pelas redes sociais e na imprensa local.

A nova atualização MS (Ministério da Saúde) apontou queda no número de casos suspeitos, que foi de 04 para 03 casos. Já o quantitativo de casos descartados subiu de 43 para 45 casos.

Avalie este item
(0 votos)

Dando sequência às ações de prevenção ao sarampo em Roraima, a Sesau (Secretaria de Saúde), por meio do NEPNI (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Vacinação), realizou neste sábado, dia 15, o “Dia D” de Vacinação nos municípios do interior do Estado.

De acordo com Alice Dantas, gerente do NEPNI, as verificações têm como propósito reforçar a cobertura vacinal contra a doença no Estado. Desde o início da semana, o país inteiro tem realizado ações voltadas para a 1ª Etapa da Campanha Nacional de Vacinação, do MS (Ministério da Saúde).

“As equipes de saúde dos municípios estão mobilizadas para garantir a vacinação de todos que precisarem”, destacou.

Para esta primeira etapa, que segue até o dia 13 de março, foram distribuídas cerca de cinco mil doses aos municípios para vacinação do público-alvo. A meta é chegar aos 95% de cobertura vacinal, ou seja, imunizar 4.695 crianças e adolescentes, entre cinco e 19 anos.

“É importante que os pais ou responsáveis aproveitem a oportunidade para levarem as crianças e adolescentes pra verificar a necessidade de tomar a vacina, e assim garantir a proteção contra o sarampo, uma doença que pode complicar e causar morte”, ressaltou.

Dados do NCDE (Núcleo de Controle das Doenças Exantemáticas) apontam para 58 notificações da doença em 2019, sendo apenas um caso confirmado, 55 descartados após análise laboratorial, e outros dois sob investigação.

"Depois do Dia D, a vacina vai continuar disponível em todas as salas de vacina. Basta procurar uma Unidade Básica de Saúde mais próxima da sua casa e garantir a proteção, porque quem ama cuida e a vacinação é um ato de amor”, finalizou Alice Dantas.

Página 1 de 76