Sexta, 22 Mai 2020 21:44

COM RECURSOS PRÓPRIOS | Roraima adquire mais 45 toneladas de EPIs para profissionais de saúde Destaque

Escrito por LIDIANE OLIVEIRA
O material foi adquirido com recursos próprios do Governo do Estado e será entregue aos profissionais que atuam na linha de frente contra a COVID-19 O material foi adquirido com recursos próprios do Governo do Estado e será entregue aos profissionais que atuam na linha de frente contra a COVID-19 Ascom/Sesau

Com objetivo de reforçar o trabalho de enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19), o Governo de Roraima, por meio da Sesau (Secretaria de Saúde), adquiriu uma nova remessa de EPIs (Equipamento de Proteção Individual) para abastecer as unidades hospitalares da capital e do interior.

Nesta quinta-feira, 21, chegou a primeira parte do carregamento, referente a 15 toneladas. Essa quantidade representa aproximadamente 20% da compra realizada pelo Governo do Estado. A compra foi garantida com recursos próprios do Governo de Roraima, um investimento de R$ 6,4 milhões, por meio da contratação de ata de registros de preços, vigente da pasta.

“A aquisição do material faz parte da força-tarefa montada para atender à preocupação do governador Antonio Denarium para minimizar as consequências da pandemia causada pelo Coronavírus em Roraima”, esclareceu o secretário Saúde, Olivan Junior.

Ao todo, foram adquiridas 45 toneladas de EPIs. O material será entregue aos profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente do combate à doença, de acordo com o cronograma de distribuição estabelecido pela CGAF (Coordenadoria Geral de Assistência Farmacêutica).

"O nosso objetivo foi adquirir máscaras de proteção respiratória, máscaras cirúrgicas, luvas de procedimento cirúrgico, óculos para proteção, macacões, avental, gorro, entre outros itens importantes para que os nossos profissionais possam trabalhar com segurança", enfatizou o secretário.

A entrega será iniciada ainda nesta sexta-feira, 22, para as unidades da capital. Na próxima segunda-feira, 25, para as unidades do interior. “O caminhão retornou para Manaus, onde se encontra a outra parte da compra e deve retornar no próximo domingo para resgatar o restante da carga. Nosso foco é reabastecer os estoques de todas as unidades de saúde”, assegurou.