Terça, 24 Março 2020 15:53

Poço artesiano que fornece 30 mil litros por hora reforça abastecimento no Pérola Destaque

Escrito por ASCOM CAER
O poço do Pérola é um dos 50 que a Carro deve perfurar em todo o Estado para melhorar o abastecimento de água   O poço do Pérola é um dos 50 que a Carro deve perfurar em todo o Estado para melhorar o abastecimento de água Neto Figueredo

Nesta terça-feira, dia 24, o poço artesiano do conjunto Pérola, bairro Ayrton Rocha, entra em operação para fase de testes pela Caer (Companhia de Água e Esgotos de Roraima).

Localizado na rua Normandia esquina com rua Tepequem, o novo poço tem 50 metros de profundidade e 8” de diâmetro, com capacidade para fornecer 30 mil litros/hora e vai beneficiar mais de 8 mil pessoas no bairro, com 1,9 mil ligações de água.

A perfuração do poço ocorreu na manhã de segunda-feira, dia 23. E, após a fase de testes de qualidade, a água será liberada para os moradores.

“Esse poço vai minimizar a falta de água no conjunto Pérola, que é um dos pontos mais críticos da capital. O próximo passo é fazer os testes de qualidade da água, para liberar para as casas. Serão perfurados 50 poços, na capital e interior”, destacou  o presidente da Carro, James Serrador.

Desde fevereiro, o abastecimento de água no Estado está comprometido pela forte estiagem que afetou os lençóis freáticos. Além das constantes oscilações no fornecimento de energia elétrica, que prejudica a operação do sistema que precisa ser reiniciado, demandando tempo para restabelecer o fornecimento de água.

 MAIS INVESTIMENTO - Nesta terça-feira, dia 24, inicia a perfuração de mais um poço artesiano, agora no bairro Cidade Universitária, que  vai melhorar o abastecimento de água na região. E ainda esta semana, serão perfurados mais poços, nos bairros  Centenário, Jardim Tropical e 13 de setembro.

A Caer já está administrando o poço que foi perfurado semana passada no Santa Cecília. Melhorando o abastecimento para 1,8 mil moradores. O bairro dispõe de quatro poços artesianos, porém apenas três estavam em funcionamento, devido o desmoronamento de um deles, o que vinha prejudicando o fornecimento de água nas residências..